Mucuna Pruriens 400mg - Estimulante físico e sexual
7431
Pergunte ou veja opiniões de quem já comprou

De: R$ 45,00Por: R$ 40,50

Preço a vista: R$ 40,50

Economia de R$ 4,50

Comprar

Calcule o valor do frete e prazo de entrega para a sua região

Apresentação

Mucuna Pruriens 400mg - Estimulante físico e sexual

Mucuna Pruriens é uma planta proveniente da Índia reconhecida pelas suas propriedades afrodisíacas. Indicada no tratamento da doença de Parkinson, da impotência sexual e como anabólico. Mucuna Pruriens também estimula a deposição de proteínas nos músculos e proporciona aumento da força e massa muscular. O seu extrato é também conhecido por estimular o estado de alerta e melhorar a coordenação. Estudos clínicos e pré-clínicos mostram que Mucuna Pruriens tem grande importância no tratamento da doença de Parkinson. Foram tratados sessenta pacientes com a doença de Parkinson com Mucuna Pruriens em um estudo aberto durante 12 semanas. Estatisticamente houve reduções significantes na doença de Hoehn e de Parkinson unificado mostrando taxas de contagem do início ao término do tratamento. Mucuna Pruriens estimula a testosterone-enantato induzido pela atividade androgênica observada em um grupo de indivíduos tratados. Estudos também mostraram que as sementes de Mucuna Pruriens podem provocar um aumento significante na contagem de espermatozóides, vesículas seminais e próstata dos ratos albinos tratados. Estudos também mostraram sua utilidade como estimulante de SNC anti-hipertensivo e estimulante sexual.


Indicação
Auxiliar no tratamento da doença de Parkinson (contém L-dopa natural); Auxiliar no tratamento da impotência e disfunção erétil; Usado como afrodisíaco e para aumentar a testosterona; Auxiliar como anabólico e androgênio fortalecendo os músculos e ajudando a estimular o hormônio do crescimento; Auxiliar ajudando na perda de peso.

Descrições

ManipuladoSim
composiçãoMucuna 400mg (teor de princípio ativo L DOPA 20,46%);
Excipiente qsp 1 cápsula.
posologiaTomar 1 cápsula ao dia após o café da manhã ou conforme orientação de profissional habilitado.
validade4 meses.
referencias bibliograficas
Advertencias
01. Nunca compre medicamento sem orientação de um profissional habilitado.

02. Imagens meramente ilustrativas.

03. Pessoas com hipersensibilidade à substância não devem ingerir o produto.

04. Em caso de hipersensibilidade ao produto recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico.

05. Não use o medicamento com o prazo de validade vencido.

06. Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da luz do calor e da umidade. Nestas condições o medicamento se manterá próprio para o consumo respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.

07. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

08. Este medicamento não dever ser usado por gestantes e lactantes.

09. Este medicamento não deverá ser partido ou mastigado.

10. Este medicamento pode potencializar medicamentos androgênicos.
11. Este medicamento pode potencializar a insulina e medicamentos anti-diabetes. 
12. Este medicamento potencializa medicamentos com Levodopa. 
13. Mucuna pruriens inibe a prolactina. Caso você tenha uma condição médica resultando em níveis inadequados de prolactina no corpo não use a menos que sob supervisão médica.
14. A semente contém alta quantidade de L-dopa. Levodopa é o medicamento usado para tratar doença de Parkinson. Pessoas com doença de Parkinson devem apenas usar sob supervisão médica.
15. Mucuna pruriens mostrou ter a habilidade de reduzir o açúcar do sangue. Pacientes com hipoglicemia ou diabetes devem usar somente sob supervisão médica.
16. É contra indicado em combinação com inibidores M.A.O.
17. Mucuna pruriens possui atividade androgênica aumentando os níveis de testosterona pessoas com síndromes andrógenas excessivas devem evitar o uso.
18. Doses elevadas de Mucuna pruriens pode causar super estimulação aumento da temperatura corpórea e insônia.
19. "SE PERSISTIREM OS SINTOMAS O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO."
bula

Mucuna Pruriens bula




Para que serve?
É uma das plantas mais populares e importantes da Índia, onde é utilizada para várias doenças, incluindo Doença de Parkinson, devido ao fato de conter altas concentrações de levodopa, um precursor direto do neurotransmissor dopamina. Na América Central, assim como no Brasil, as sementes de Mucuna eram torradas e moídas para fazer um substituto do café, e por isso é conhecida vulgarmente como nescafé. Apresenta propriedades anti-parkinsoniana, hipoglicêmica, hipocolesterolêmica, antioxidante, afrodisíaca, anticoagulante, antimicrobiana, vermífuga, analgésica, anti-inflamatória, antipirética, diurética, anabólica, antiespasmódica, imunomoduladora, aumenta força e massa muscular, antienvelhecimento, aumenta o senso de bem-estar, aumenta a libido, aumenta os níveis de testosterona, melhora a agilidade mental e melhora a coordenação motora.




Como usar?
400 mg uma vez ao dia ou em doses divididas ou conforme recomendação médica. Estudos mostram que a dose diária máxima tolerada por adultos, sem causar sintomas indesejáveis é de 1500mg de L-Dopa.




Quais os males que este medicamento pode causar?
Alguns pacientes com doença de Parkinson tratados com mucuna apresentaram vômito, distenção abdominal, náusea, discinesia e insônia. O consumo da semente pode estimular a atividade uterina, portanto deve ser evitado por mulheres durante a gravidez. Pacientes com hipoglicemia ou diabetes devem utilizar sob supervisão médica, pois possui a capacidade de reduzir o açúcar do sangue.




Como funciona?
É indicada no tratamento da doença de Parkinson, devido à alta concentração de L-dopa nas sementes. Estudos estabeleceram que, a uma dose equivalente, o pó de mucuna assemelha-se a L-dopa com respeito à modulação do caminho dopaminérgico, enquanto a presença de outros constituintes contribuem para melhorar a atividade antiparkinsoniana e aumentar a tolerabilidade em animais. Concluiu-se que a melhora dos sintomas do mal de Parkinson é devida à conversão de L-dopa em dopamina e a sua distribuição em partes do cérebro onde a deficiência é associada com o Parkinson. Em estudo, foi demostrada uma significante inibição da peroxidação lipídica, que se dá devido à remoção de radicais livres ou pela quelação do ferro livre. Foi comprovado que Mucuna pruriens possui efeitos hipoglicêmicos e hipocolesterolêmicos. O nível de açúcar foi diminuído em 39% e o de colesterol em 61% em ratos alimentados com Mucuna pruriens. Também foi observada atividade afrodisíaca, com estímulo da atividade sexual, aumento dos níveis de testosterona, e consequente aumento de massa muscular e força.




Contra indicações:
É contraindicado em combinação com inibidores da M.A.O; e para pacientes com síndromes andrógenas excessivas, por possuir atividade androgênica.

Produtos Relacionados

Compre junto

Pergunte e veja opiniões de quem já comprou